MP 897/19 – MP dos Hipopótamos

A MP do Agro (MP 897/2019) foi convertida na Lei do Agro (Lei 13.986/2020), ocasião em que a redação de alguns dispositivos e sua numeração sofreram alterações. Apesar das mudanças, os artigos publicados no Direito Rural sobre a MP do Agro permanecem disponíveis para consulta, pois se mantém atuais quanto às explicações e perigos que cada novo instituto traz.

Para acessar o conteúdo mais atualizado sobre a nova Lei do agro, acesse Lei do Agro (Lei 13.986/2020).

Quando se faz a leitura da chamada MP do AGRO – MP 897/2019 -, a primeira impressão que se tem do texto, notadamente dos mecanismos jurídicos propostos, segundo se diz, para ajudar o setor do agronegócio, é que sua redação foi feita por quem desconhece a realidade do campo.

Técnicos, antes mesmo de perguntarem como as coisas funcionam no dia a dia do produtor rural, foram se propondo a dar solução que, na prática, é somente um novo problema para o setor.

Aliás, os problemas tendem a aumentar quando são solucionados por gente que desconhece suas causas.

A MP bem que poderia ser chamada de MP dos HIPOPÓTAMOS, e isto em face da história que tomo emprestada de Chris Anderson, Presidente do TED, relatada em seu excelente livro – TED TALKS, publicado pela editora Intrínseca, cuja leitura recomendo.

Ao falar da palestra proferida por Ernesto Sirolli, o autor registra como o palestrante cativou os ouvintes com o seguinte relato.

Disse que, ao chegarem à Zâmbia, os italianos admiraram – admiraram no sentido negativo – que, a despeito de morar num vale fértil, aquele povo nada cultivava.

Sem indagar dos motivos da falta de interesse de cultivar a terra, os estrangeiros disseram: “Graças a Deus estamos aqui, para salvar da fome o povo da Zâmbia.” Ledo engano.

Gabando-se, acrescentaram: “Vejam como é fácil cultivar tomates”.

Depois que prepararam a terra, plantaram e cuidaram da lavoura, quando os tomates estavam graúdos, maduros, vermelhos e prontos para a colheita, uns duzentos hipopótamos saíram do rio durante a noite e comeram tudo.

Ao exclamarem: “Meu Deus, os hipopótamos”, os italianos ouviram dos zambienses: “Pois é, por isso que não plantamos nada aqui”.

Embora a história leve ao riso, ela é pedagógica neste momento de MP do AGRO, que pretendendo dar ao setor agrícola uma solução apartada da realidade, ignora os “hipopótamos” que vêm devorando safras e mais safras ao longo da história do setor agrícola do País.

Os hipopótamos da Zâmbia eram conhecidos dos zambienses e não dos italianos, assim como os “hipopótamos” da agricultura são conhecidos dos produtores rurais e não dos técnicos do governo que, por isto mesmo, tendem a “cultivar” para eles.

Quando através das Cédulas Imobiliárias Rurais os credores começarem a apropriar-se de terras rurais pela falta de pagamento pontual – o que a Cédula autoriza -, não faltará espanto semelhante ao dos italianos: “Meu Deus, os hipopótamos”.

Lutero de Paiva Pereira – Advogado especializado em direito do agronegócio em Maringá (PR). Contato: www.pbadv.com.br / pb@pbadv.com.br

Notifique-me
Avise-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Navegação Rápida

O Direito Rural
sempre com você

Participe dos grupos de WhatsApp e Telegram
e receba nossos novos artigos e novidades!

Newsletter

Quer encontrar outro artigo?

Clique no botão abaixo e busque o artigo que desejar

NOSSOS ESPECIALISTAS

Profissionais experientes no Direito do Agronegócio, prontos para lhe atender

Dr. Lutero de Paiva Pereira

Advogado

Autor de várias obras no campo do direito do agronegócio. Parecerista e conferencista. Membro do Comite Europeu de Direito Rural.

Currículo Lattes.

Contato: lutero@pbadv.com.br

Dr. Wagner P. Bornelli

Advogado

Responsável pelo setor processual do escritório. Atua no ramo do agro, empresarial, civil e contratos.

Contato: wagner@pbadv.com.br

Dr. Paulo de Tarso R. Castro

Advogado

Atuação destacada na área processual civil, contratual, agrária e empresarial.

Contato: paulo@pbadv.com.br

Dr. Adriano R. Patussi

Advogado

Atuação destacada em direito do consumidor, civil, empresarial, tributário e processual civil.

Contato: pb@pbadv.com.br

Dr. Tobias M. de Salles Luz

Advogado

Atua na área do agronegócio, civil, contratual e consumidor. Fundador do blog Direito Rural.

Currículo Lattes.

Contato: tobias@pbadv.com.br

Dra. Rachel Vieira Pereira

Advogada

Atuação em direito bancário e civil.

Julio César Nascimento Bornelli

Julio César N. Bornelli

Estagiário

Estudante de Direito (UEM/PR). Gestor do blog Direito Rural.

Inscreva-se para receber nossos e-mails

Receba novos artigos e novidades também pelo WhatsApp e Telegram