Sem chuvas significantes, quebra em 2015 pode chegar a 30% no Sul de Minas

O clima seco causou uma quebra de 27% na safra 2014/2015, segundo o que foi registrado pela Cooperativa de Cafeicultores de Poços de Caldas (MG), a CaféPoços. Agora, as altas temperaturas começam a afetar, também, o andamento da lavoura que será colhida no ano que vem. Produtores aguardam chuva antes do início de novembro, para que a primeira florada na safra 2015/2016 não seja abortada.

CAFƒFoto: JosŽ Gomercindo/SECS

Segundo o último Boletim Fitossanitário da Fundação Procafé, a região do Sul de Minas teve chuvas abaixo da média histórica durante o mês setembro. As regiões de Varginha, Carmo de Minas e Boa Esperança, observadas pelo estudo, aumentaram o déficit hídrico, totalizando, respectivamente, 198mm, 185mm e 273 mm negativos. O ideal, segundo o estudo é que os níveis de armazenamento de água no solo estejam entre 0 e 100mm. Os últimos dados incluem, ainda, que as temperaturas de setembro ficaram acima da média histórica e já projetam perdas para safra futura.

 

Fonte: CafePoint

Compartilhe

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *