“PL dos pesticidas” deve passar no ano que vem

Agrolink: É consenso entre representantes da indústria de defensivos agrícolas que o chamado PL dos Pesticidas deve ser aprovado ainda no primeiro semestre de 2019. Isso porque a nova legislação, que moderniza e torna mais seguro e ágil o registro de novas moléculas e tecnologias para a defesa vegetal no Brasil, tem a simpatia do novo presidente eleito, Jair Bolsonaro, bem como de diversos deputados e senadores eleitos no pleito deste mês de outubro.

O partido do presidente Bolsonaro, o PSL, elegeu nada menos que 52 deputados federais. Confirmaram vaga no Congresso brasileiro figuras representativas, como o próprio relator do PL dos Pesticidas, deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR) e a presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Tereza Cristina (DEM-MS). Também foi eleito o senador o engenheiro agrônomo Luis Carlos Heinze (PP), ferrenho defensor do setor produtivo rural do País.

A Frente Parlamentar da Agropecuária publicou nota oficial nesta segunda-feira (29.10) parabenizando a população brasileira pelo resultado das eleições deste ano: “Ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), desejamos um bom governo, pautado pela transparência, ética, pelo respeito à Constituição Federal e aos compromissos com o Brasil”.

O grupo de parlamentares identificados com o agronegócio sinalizou no comunicado oficial que espera reciprocidade. “Estaremos juntos na reconstrução da Nação e no resgate de nossas instituições, a partir da desburocratização, do crescimento sustentável e da nossa principal vocação, a agropecuária brasileira. Boa sorte para todos nós!”, conclui o texto assinado pela deputada Tereza Cristina, que é uma das principais candidatas a assumir o Ministério da Agricultura em 2019.

Autor: Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink – clique aqui

Compartilhe

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *