O Agronoel chegou – terras rurais para estrangeiros

Dingo bell, dingo bell ou, como queiram, jingle bell, jingle bell, o agronel chegou. Sim, o papai noel aportou nas cercanias do mundo rural. A música própria das festividades natalinas é ouvida com euforia, não só nas fazendas, mas também nos escritórios dos grandes grupos estrangeiros, afinal, o Senado da República acabou de aprovar o PL 2963/2019, liberando geral a aquisição ou o arrendamento de terras rurais por estrangeiros.

Se, ao chegar na Câmara, o PL tiver igual sorte, e se isto acontecer logo nos primeiros meses de 2021, os estrangeiros vão saltar de alegria com os sons do tamborim, da cuíca, do zabumba e de outros instrumentos mais, curtindo um carnaval sem igual.

Afinal, terão conseguido o que sempre quiseram, terras rurais para plantar e produzir muito, engordando seus ganhos para dominar o mundo a partir de um Brasil dominado.

Observações mais agudas contra o mencionado PL 2963/2019 estão reservadas para o próximo ano, pois neste momento pandêmico já temos preocupação demais para ocupar nossas mentes.

O que é certo é que o agronoel, o bom velhinho, the good old santa, o papai noel não trouxe brinquedinho de plástico para distribuir aos seus queridos, mas terras férteis e bem preparadas para alegrar seus corações.

Até breve. E atenção: vacine-se contra tudo.

Lutero de Paiva Pereira – Advogado especializado em direito do agronegócio em Maringá (PR). Contato: www.pbadv.com.br / [email protected]

Deixe uma resposta

Receba, em primeira mão, artigos, leis e novidades do Agro. Conteúdo sempre relevante, simplificado e direto ao ponto.