Categoria: Opinião

O que esperar de 2015?

20 de dezembro de 2014
O ano de 2014 pôde ser considerado um bom ano para o agronegócio, em virtude das safras recordes e preços altos de várias commodities. No geral, poucas perdas foram experimentadas, com prejuízos, na maior parte das vezes, mitigados pelos preços dos frutos, acesso ao crédito e taxa de juros baixas. O que esperar agora para

Os contratos de hedge e a pecuária

11 de dezembro de 2014
Matéria veiculada esta semana na Rural Centro (UOL) diz que em estudo realizado pela USP ficou comprovado que pecuaristas que usam proteção de preço (hedge) melhoram sua renda. A pesquisa identificou que os confinamentos de maior porte, gerenciados por gestores com maior nível de escolaridade, tendem a utilizar mais os contratos de hedge, garantindo melhores

RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS DO FCO, FNE e FNO – por Lutero Pereira

8 de dezembro de 2014
O direito de renegociação das operações de crédito rural, de acordo com o permitido pela Resolução nº 4.315/2014, dentre outras coisas, deve ser visto como um direito assegurado ao mutuário rural, uma vez preenchidos os requisitos ali estabelecidos, que o agente financeiro não pode negar ao devedor caso este pretenda enquadrar a operação naquele beneficio.

Os Princípios do Agronegócio Dentro do Novo Código Comercial

3 de dezembro de 2014
Temerário. Esta é a palavra que melhor define o novo Código Comercial no livro III que trata do agronegócio. Embora louvável a inovação legislativa ao agregar um capítulo dedicado ao agronegócio, se aprovado, o texto trará um pesado fardo à agricultura. Veja o comentário do PLS 487/2013, que cria o Novo Código Comercial e (explode?)

A Natureza Jurídica da CPR

1 de dezembro de 2014
Da leitura pura e simples da Lei 8.929/94, diploma legal que criou a Cédula de Produto Rural – CPR, o bom entendedor logo descobrirá que a cédula não se destina nem se presta a outra coisa que não seja a firmação de um verdadeiro contrato de compra e venda. Claro, um contrato de compra e

[OPINIÃO] DÍVIDA ATIVA ORIUNDA DE CRÉDITO RURAL

12 de novembro de 2014
O prazo para adesão à renegociação ou liquidação das dívidas ativas oriundas de crédito rural, dos programas “PESA” e “Securitização” instituídos pela Lei n. 9.138/95  está aberto até o dia 31 de dezembro de 2015, conforme determina a Lei n. 13.001 de 20 de junho de 2014, que prorrogou o prazo previsto na Lei 11.775/2008.

[OPINIÃO] PROTEÇÃO PARA A PRÓXIMA SAFRA

1 de novembro de 2014
A palavra de ordem hoje na agricultura é cautela. Diante das incertezas da nova safra, riscos de quebra, custos acima da produção e dificuldades de comercialização da safra, qual o principal passo que o produtor rural precisa fazer para tentar se proteger juridicamente?