Senador Álvaro Dias sugere criação de imposto mundial para a preservação da Amazônia

Postado por Tobias Marini de Salles Luz   /     nov 06, 2017  /     Notícias Agrícolas  /     , , ,

O senador Alvaro Dias (Pode-PR) defendeu nesta segunda-feira (30) a cobrança de um imposto ambiental mundial para a preservação da Amazônia. O senador advertiu para os efeitos do aquecimento global e lembrou que a floresta amazônica gera oxigênio para o mundo. Em sua opinião, os países ricos cobram do Brasil ações para preservar a Amazônia, mas não contribuem para valorizá-la.

— Nós temos que cobrar do mundo pela preservação que fazemos. O mundo há de continuar respirando esse ar oxigenado que brota das profundezas da Amazônia, mas certamente será cobrado. Haveremos de cobrar. Há que se pagar esse imposto pela preservação ambiental do nosso país.

Para Alvaro Dias, a cobrança do que chamou de “contribuição universal” para a Amazônia não se confunde com a entrega da floresta a outras nações ou a grupos econômicos estrangeiros.

O senador ainda sublinhou o contraste entre a riqueza natural da Amazônia com a pobreza dos brasileiros, e apontou como grande desafio a promoção de reformas que reduzam as desigualdades.

Fonte: Agência Senado

Sobre Tobias Marini de Salles Luz

Advogado especialista em agronegócio. Sócio da banca Lutero Pereira & Bornelli, com sede em Maringá/PR e filial em Cuiabá/MT. Membro do Comitê Europeu de Direito Rural (CEDR).